Imagem sobre 6 erros do marketing digital para você NUNCA cometer

Está investindo tempo e recursos no marketing digital e não está tendo retorno? Já se perguntou se está fazendo de forma correta?

      Está investindo teu tempo e recursos no marketing digital e não está vendo retorno? Já se perguntou se está fazendo da forma correta

      Listamos aqui 6 erros que você NUNCA pode cometer quando se trata de marketing digital!

      Marketing digital traz retorno SIM, mas tem que ser feito da maneira correta.

      1. Comprar seguidores: os seguidores que você compra são pessoas que nunca fariam qualquer tipo de negócio com você e não têm o menor interesse em engajar com seus posts. 

      Além de que é MUITO FÁCIL identificar um perfil que comprou seguidores. Geralmente o número de curtidas dos posts deste perfil são muito baixas se comparadas com o número de seguidores. E isso sim é extremamente mal visto pelo mercado!

      Importe-se em atingir quem é seu público-alvo com conteúdo de qualidade ao invés de preocupar-se com o número de seguidores, que como o nome mesmo já diz, é apenas um número, não significa que essas pessoas tenham interesse em você ou no seu produto!

       2. Não investir no site da empresa: o site da sua empresa é o seu portal principal. É o local no qual o cliente irá encontrar toda a informação e conteúdo que ele precisa, tudo de forma fixa e aprofundada.

      Focar em posts de redes sociais e deixar o site de lado é um dos erros mais comuns entre pessoas que almejam sucesso no Marketing Digital. É importante entender o site como o seu principal meio de trabalho. Isso porque é principalmente por lá que você vai publicar o seu conteúdo completo, fazer as suas chamadas para ações e reter clientes.

      O cliente que confia na excelência do seu trabalho é visitante assíduo do seu site.

       3. Falar que email marketing não funciona: muitas pessoas acham que email não funciona, que o público não abre, não lê… E aí está um grande engano!

      Apesar do preconceito, o email é a atividade mais comum dentro da internet. E esse potencial deve ser explorado ao máximo.

      Quando você cria sua própria base de contatos ao longo do tempo, você tem a possibilidade de interagir com um número alto de pessoas com um custo muito baixo. Esse alcance não deve ser ignorado nas suas estratégias de marketing.

      4. Contar curtidas: como já falei antes, curtidas são SÓ um número! Claro que todo mundo quer mostrar muitos seguidores e curtidas, mas isso não quer dizer nada. O que interessa aqui é o engajamento!

       Engajamento remete a uma ação voluntária de participação em determinada atividade. Ou seja, ele se materializa quando uma pessoa se envolve com algo por vontade própria.

      Acontece quando, por exemplo, seguidores acompanham uma publicação, comentam, compartilham e a recomendam a outras pessoas na rede. Essas são ações próprias de uma audiência engajada. Mas para que esse cenário seja alcançado, você e sua marca precisam participar ativamente.

      Afinal, não existe engajamento sem reconhecer a opinião do público, sem responder comentários e, principalmente, sem oferecer suporte. Você precisa demonstrar atenção e cuidado.
 
       O engajamento é importante porque é ele que vai mostrar se você é uma empresa de credibilidade e boa reputação. Muito mais do que olhar as curtidas, seus potenciais clientes querem saber o que falam de você, e como você se relaciona com os clientes.

      5. Fazer rede social de vitrine: seu site e suas redes sociais são quem você é na internet! Você pode escolher ser apenas uma vitrine ou então uma autoridade no assunto! Para ser autoridade você precisa gerar conteúdo para seu público, afinal, ele não está ali apenas para comprar. Além disso, você precisa convencê-lo de que você é a pessoa certa para vender pra ele! E isso só se faz com geração de conteúdo, e conteúdo de qualidade!!

      Lembra do engajamento? Então, produzindo conteúdo de qualidade, você aumenta as interações das pessoas com sua marca, criando esse engajamento.

      O resultado disso são evangelizadores que recomendam e até defendem sua marca.

      6. Não entender que redes sociais são empresas como qualquer outra: hoje o Facebook e outras redes sociais (que em sua maioria são DO Facebook) dificultam cada vez mais o alcance orgânico de publicações, que muitas vezes não chega a 5% dos fãs das páginas. É necessário muitos fãs e muito engajamento deles com suas publicações para que se tenha algum resultado significativo.

      As redes sociais ganham com a venda de mídia, assim como o rádio e a TV. E a cada ano estão mais concorridas. Ou seja, é necessário dedicar algum orçamento para que se obtenha um resultado positivo. Não se engane achando que vão distribuir o seu conteúdo de graça. Não existe almoço grátis!

Compartilhe esse post: